Netuno cazimi e a lunação em Peixes: tempo de dissolução

A lunação em Peixes na última quarta-feira, dia 6 de março, às 13h – a lunação é a Lua Nova, ou seja, a conjunção entre Lua e Sol que inicia o novo ciclo lunar – foi seguida pela conjunção de Sol e Netuno, às 21h59 do mesmo dia. Mas o que esses dois aspectos, que ocorreram num intervalo de nove horas, significam para nossa energia psíquica?

astro_24gw_lunacao_peixes
Mapa da Lunação em Peixes para Brasília.

Se o Sol significa nossa consciência e nossa verdade interna, a passagem de Netuno pelo seu coração, em um estado que os astrólogos chamam de cazimi, pode significar que nossa identidade está sendo profundamente modificada nesse período do ano. Já a Lua, por significar nossas emoções e nossa criança interna, ao se conjugar com Netuno pode indicar um excesso de sentimentos, um verdadeiro descontrole emocional, sensibilidade extrema e vulnerabilidade.

Se essas conjunções fizeram algum aspecto com os planetas de sua Carta Natal, pode acreditar que as mudanças internas, especialmente as emocionais, serão ainda mais pronunciadas, a depender de qual outro astro foi contatado.

Lunação em Peixes: encerramento e revisão

A última lunação do ano astral, em Peixes, geralmente traz uma sensação de fechamento, de encerramento e de revisão do período anterior. É natural, portanto, que algumas perguntas surjam. O que conseguimos alcançar neste ano? Quais metas ficaram para depois? O que transformamos nos últimos doze meses? Como pretendemos encarar o novo ciclo?

Na próxima lunação, em Áries, estaremos prontos para começar novos projetos, novas empreitadas, para encarar novos desafios. (Não é à toa, portanto, que dizemos que o ano só começa depois do Carnaval: o ano astral realmente só se inicia em março, quando o Sol atinge o grau zero de Áries.)

angel-santos-1152361-unsplash
Lunação em Áries marcará novos começos. Photo by Angel Santos on Unsplash

A presença de Netuno em conjunção com os luminares no signo de Peixes neste ano, contudo, pode ter intensificado esse processo, especialmente para os netunianos e piscianos. E se Netuno está fazendo aspectos com os planetas natais na sua Carta, é bastante provável que você tenha sentido de forma muito mais forte essa energia desde o final de semana.

Tsunami netuniano

Porém, forte em que sentido?

Não há nada abrupto ou brusco em Netuno, ao contrário de Urano e Marte, por exemplo. A energia netuniana é, de fato, etérea, densa e difícil de definir. O que não significa, de modo algum, que seja difícil de sentir.

Aliás, parece que sentimentos são algo bastante enfatizado por esse planeta que rege o signo de Peixes. Empatia, sensibilidade, espiritualidade são facetas do arquétipo muito relacionadas também ao signo de Peixes. Assim, a força netuniana pode ser sentida em ondas, intensas ou mais leves, a depender das condições internas de cada um.

jeremy-bishop-123463-unsplash
As mudanças requeridas por Netuno podem ser suaves ou intensas como um tsunami. Photo by Jeremy Bishop on Unsplash

Assim, é muito provável que este Carnaval tenha sido intenso emocionalmente. E não apenas para piscianos ou pessoas com Netuno enfatizado na carta natal, mas para todos nós, a depender de qual área da vida (casas) esses planetas atingiram nesse movimento cósmico.

Pessoas com um mapa natal com muita Terra, por exemplo, podem ter se sentido desequilibradas, sob efeito de um terremoto seguido por um tsunami. Pessoas com muito Ar no mapa podem ter sentido o incômodo das emoções aflorando sem controle e sem um padrão racional. Aqueles com muito Fogo na carta podem ter sentido o desconforto de serem “apagados” por tanta água, com a sensação de afogamento em um mar de sensibilidade.

Ritmo, conexão e movimento

No meu caso, por exemplo, o Netuno do céu acabou de fazer uma quadratura exata com meu Netuno natal e a lunação, portanto, afetou profundamente a forma como me conecto comigo mesma, com o universo, com o todo, com a humanidade, com o outro. Por estar atualmente na Casa X, não é de admirar que tenha surgido a necessidade de escrever sobre isso e materializar algo nesse trânsito.

Também não foi por acaso que passei o feriado inteiro num retiro de dança.

ahmad-odeh-460173-unsplash
Fluxo e movimento. Entrega e conexão. Photo by Ahmad Odeh on Unsplash

Quer coisa mais netuniana do que a dança? Música, movimento, fluxo, conexão, espiritualidade, energia, kundalini, compartilhamento, emoção, empatia. Tudo isso faz parte do mundo netuniano: inconsciente, profundo, denso. E o resultado desses processos netunianos pode ser uma sensação interna de dissolução, de escorrimento, de desapego.

Marte lentamente sente sua armadura sendo dissolvida, enquanto a Lua se prepara para escorrer por entre os dedos. O Sol sente sua luz se espraiando pelo universo e Júpiter se conecta com sua imensidão expansiva. Plutão dissolve o seu poder em direção ao submundo inconsciente, Urano sente os respingos e cria conexões mágicas que serão comunicadas com sensibilidade extrema por Mercúrio. Saturno lentamente abre mão do seu controle e abre suas fronteiras para que Vênus se esparrame e se deleite com o prazer do contato com os outros. E com o todo. Externo e interno.

Aproveite o trânsito e dissolva o que não lhe faz bem, especialmente os limites que não são mais necessários.

Deixe escorrer o que não tem mais sentido.

Deixe Netuno limpar o que precisa ser limpo.

E se conecte consigo mesmo. Com ele. Com tudo.

photo-1516331138075-robertlukeman
Universo em conexão. Photo by Robert Lukeman on Unsplash

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s